Dia Internacional dos Monumentos e Sítios

Celebrando o património nacional, comemoramos também a solidariedade internacional em torno do conhecimento, da salvaguarda e da valorização do património em todo o mundo.

O Dia Internacional dos Monumentos e Sítios (DIMS) foi criado pelo Conselho Internacional dos Monumentos e Sítios (ICOMOS) a 18 de Abril de 1982, e aprovado pela UNESCO no ano seguinte, com o objetivo de sensibilizar os cidadãos para a diversidade e vulnerabilidade do património, bem como para a necessidade da sua proteção e valorização.

Celebrando o património nacional, comemoramos também a solidariedade internacional em torno do conhecimento, da salvaguarda e da valorização do património em todo o mundo.

Em 2021, o tema proposto para o DIMS pelo ICOMOS Internacional é PASSADOS COMPLEXOS: FUTUROS DIVERSOS.
Num ano indelevelmente marcado pela eclosão de uma pandemia à escala global, que abalou todas as estruturas da sociedade e revelou muitas das fragilidades e desigualdades do mundo em que vivemos, é urgente refletirmos sobre o passado e projetarmos um futuro mais solidário e mais inclusivo.

Qualquer abordagem ao universo do património cultural exige um exame crítico do passado; revisitar a história é sempre uma reinterpretação – que, frequentemente, privilegia a omissão e a extinção de algumas narrativas favorecendo outras. Temas controversos implicam conversações complexas, evitando versões distorcidas de um passado mais ou menos recente, afastando tentações revisionistas e atendendo aos contextos específicos em que as ações ocorreram.

Ao adotar o tema PASSADOS COMPLEXOS: FUTUROS DIVERSOS, o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios convida os participantes a explorar a ideia de reconciliação – mas também de contestação e discussão – e o desejo de construir um futuro mais justo, mais participado e mais variado, destacando o papel fundamental do património enquanto fator de identidade e agregação de grupos e de comunidades, nas relações entre culturas e na responsabilização coletiva para a proteção e salvaguarda dos atributos, dos significados e valores que constituem a nossa herança comum.

O Dia Internacional dos Monumentos e Sítios (DIMS) 2021 constitui, assim, uma oportunidade para sensibilizar comunidades e públicos para uma reflexão sobre o passado e para a importância de preparamos um futuro mais harmonioso, na consciência de que o património deve, sempre, ser fator de união, de partilha, de cidadania e de resiliência na evolução e valorização de sítios, paisagens, práticas e coleções.

A celebração do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios e a divulgação deste tema tem a finalidade de impulsionar o diálogo local, regional ou transnacional enquanto ferramenta de conhecimento, de desenvolvimento e de diversidade.

Devido às medidas de contenção aplicadas no contexto da pandemia de COVID 19, e à semelhança do que sucedeu em 2020, as iniciativas serão preferencialmente realizadas em contexto virtual.

Programação disponível AQUI

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on skype
Skype
Notícias Recentes
Gravada tendo como cenário principal o Museu dos Biscainhos, em Braga, a nova série televisiva «Vento Norte» estreia amanhã, dia 14, pelas 21h00, na RTP, com o apoio da Direção Regional de Cultura do Norte.
Siga-nos