Notícias
01 Fev. 2019 INventa MUSEU dedica novo número aos fundos documentais Nesta edição, a INventa MUSEU revela um conjunto de fundos antigos, após um sistemático trabalho de inventário, catalogação e digitalização. Evento
No arranque de 2015, o Museu de Lamego lançava o primeiro número da revista que pretendia divulgar um trabalho que muitas vezes se fica pelos bastidores, mas que é fundamental na conservação e produção de conhecimento sobre as coleções. Quatro anos depois, a "INventa MUSEU” conhece o seu oitavo número e desvia o foco do tradicional objeto para pôr em relevo fundos documentais. Disponível para download a partir do site oficial do museu em www.museudelamego.gov.pt.

Para além das coleções em exposição ou em reserva, o Museu de Lamego guarda um imenso património ligado à biblioteca, com alguns milhares de livros, e ao fundo arquivístico, constituído por largas dezenas de processos relacionados com o normal desenrolar da atividade do museu, ao longo da sua história com mais de cem anos. Juntos constituem um valioso contributo para a construção da memória coletiva, a que se soma o repositório de arquivos de outras instituições, que se inscrevem no mesmo âmbito geográfico. 

Nesta edição, a "INventa MUSEU” revela um conjunto de fundos antigos, após um sistemático trabalho de inventário, catalogação e digitalização, ligados ao Arquivo de Identificação do Registo Civil de Lamego, da Associação Humanitária Bombeiros Voluntários de Lamego,  Capela de São Pedro de Balsemão, Manuel Leitão Teixeira, Associação dos Amigos do Museu de Lamego e do seu primeiro diretor, João Amaral.

Sem periodicidade e formato fixos, dado que o contínuo trabalho de inventário alterna o seu ritmo consoante a natureza e complexidade de cada bem inventariado, a "INventa MUSEU” pode ser consultada em http://www.museudelamego.gov.pt/revista-inventa-museu/.