Notícias
28 Mai. 2019 Cooperação transfronteiriça reforçada A Direção Regional de Cultura do Norte acaba de ver aprovados três projetos de cooperação transfronteiriça, no âmbito do Programa de Cooperação INTERREG VA España-Portugal 2019-2021. Evento
A Direção Regional de Cultura do Norte acaba de ver aprovados três projetos de cooperação transfronteiriça, no âmbito da 2ª convocatória do Programa de Cooperação INTERREG VA España-Portugal 2019-2021 (POCTEP), que vêm consolidar o trabalho conjunto que tem vindo a ser realizado, nos últimos anos, sobretudo com a região da Galiza.

O projeto "Facendo Camino” visa a criação da uma estratégia para a estruturação, proteção e valorização das rotas portuguesas do Caminho de Santiago na Eurorregião Galiza - Norte de Portugal e envolve a Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte, a Direção Regional de Cultura do Norte, o Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial Galiza-Norte de Portugal e a Agência de Turismo da Galiza.

Pretende-se com este projeto consolidar as rotas do Caminho de Santiago na Eurorregião Galicia - Norte de Portugal e promover o seu uso sustentável como um recurso cultural e natural transfronteiriço capaz de gerar atividades de turismo e atividades económicas que contribuam para o desenvolvimento socioeconómico deste território.

Recuperar, conservar e valorizar a música tradicional e popular na Terra de Miranda e na província de Zamora, através da recolha sistemática e da difusão de testemunhos orais que preservem a solidez da memória sonora deste território e a sua diversidade cultural, são os objetivos do projeto "Termus – Territórios Musicais”.

A iniciativa é promovida pela Direção Regional de Cultura do Norte, através do Museu da Terra de Miranda (Miranda do Douro), e pelo Museu Etnográfico de Castilla y León. Entre outras atividades, o projeto implicará a recolha de testemunhos orais e o seu respetivo tratamento; ciclos de debates e conferências; edição de materiais didáticos e sensibilização nas escolas; cursos de formação especializados; congressos internacionais; participação em congressos e foros especializados; bem como a publicação de artigos em revistas especializadas.

Na sequência da execução, ainda em curso, do projeto Nortear, candidatado na primeira chamada ao INTERREG VA, a Direção Regional de Cultura do Norte vê também aprovado um novo projeto de cooperação transfronteiriça, o Nortear II.

Este projeto consiste em mais um passo na evolução natural da primeira versão do Nortear, dando continuidade à colaboração na promoção e dinamização cultural comum, entre a Galiza e o Norte de Portugal, que tem vindo a ser desenvolvida, através de diferentes projetos, nos últimos anos.

Em particular, desde 2015, na sequência da assinatura de um memorando de entendimento entre a Junta da Galiza, o Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial Galiza – Norte de Portugal e a Direção Regional de Cultura do Norte, estas três entidades colaboram de forma continuada, promovendo diferentes atividades, tendo em vista o conhecimento mútuo da cultura, da literatura e da criação artística em geral, em ambos os territórios.

Assim, a operação NORTEAR II, agora aprovada, mantém os objetivos e as ações do Nortear, tais como: prémio literário Nortear; criação artística transdisciplinar sob o mote da obra literária vencedora; conversas, tertúlias literárias Nortear; encontros, residências de criação artística; intercâmbio de obras literárias, publicações e/ou exposições Nortear. Amplia, ainda, a sua área de atuação à produção de rotas literárias e documentários sobre uma série de escritores galegos para integração na plataforma Escritores a Norte, criada pela Direção Regional de Cultura do Norte.