Notícias
01 Out. 2019 Casa das Artes exibe «Rosa do Adro» A partitura original de Armando Leça (pseudónimo do compositor Armando Lopes), será interpretada ao vivo, como numa projeção da época, e gravada pelos Solistas da Metropolitana para subsequente edição em DVD. Evento
Na Temporada 2019/2020, a Metropolitana junta-se à Cinemateca Portuguesa e à Universidade Nova de Lisboa (INET-md) num projeto galvanizante: a recuperação histórica de uma das primeiras películas do cinema mudo português, de que se celebra o centenário: A Rosa do Adro, filme realizado por Georges Pallu em 1919. 

A partitura original de Armando Leça (pseudónimo do compositor Armando Lopes), recuperada por uma equipa do INET-md, será interpretada ao vivo, como numa projeção da época, e gravada pelos Solistas da Metropolitana para subsequente edição em DVD.

Armando Leça 
Música para o filme A Rosa do Adro, de Georges Pallu (1919)

José Pereira
Joana Dias, violino 
Joana Nunes, viola
Catarina Gonçalves, violoncelo
Vladimir Kouznetsov, contrabaixo
Francisco Sassetti, piano

Bilhetes à venda na Casa das Artes (producao@cineclubedoporto.pt)

Bilhete normal - 3,50€ 
> 65 anos e estudantes - 2,50€ 
Associados do Cineclube do Porto - 0,50€.